• 27/02/2014 (10:19:45)

  • Julio Mocellin

  • Repórter: Da Redação

  • Fotógrafo: Davi Martinelli

SUTRAF AU

Agricultores decidem manter ocupação da agência do INSS em Erechim

O mau tempo na região do Alto Uruguai na manhã desta quinta-feira(27), motivou a suspensão do ato de protesto programado pela Sutraf Au, defendendo a ampliação da licença maternidade, garantia dos direitos adquiridos junto à previdência social, a sucessão familiar envolvendo a juventude rural, conflitos agrários entre indígenas e agricultores familiares, regularização fundiária, produção de alimentos, garantia de renda e habitação rural.

A manifestação em Erechim não foi cancelada em seu todo. Por volta de 11h20, os manifestantes chegaram até a Agência do INSS, no centro da cidade, para entregar uma pauta de reivindicações. O trânsito ficou lento e complicado na área e precisou ser desviado para ruas laterais em alguns momentos.

Uma rápida assembléia dos mais de 200 agricultores familiares que ocupam o saguão do prédio do INSS, em Erechim, decidiu que vão permanecer até a conclusão de audiência em Brasília, seja concluída no dia de hoje, com autoridades do governo federal.